sexta-feira, outubro 06, 2017

Registo muito criminal

[6185]

Viajo um bocado, em trabalho. Para alguns países preciso de visto. Para obter visto, preciso de um registo criminal.

Por norma ia ao Parque as Nações, ao chamado Campus de Justiça, absolutamente modelar em instalações e acessos, onde obtinha o tal registo criminal em cerca de 20 a 30 minutos. Hoje fui lá, já que terei de viajar de novo dentro de um par de semanas. No pavilhão dos registos criminais vejo um amontoado de gente que, talvez pecando por defeito, se situaria entre 300 a 400 pessoas. Atónito, dirigi-me à porta e tentei saber o que se passava.

- Desde que saiu a nova lei é isto. E é mais complicado porque não falam português, é isso todos os dias, disseram-me. Mesmo assim, tentei, esperei cerca de uma hora, ao fim da qual as pessoas, entretanto algumas sentadas ou deitadas, comendo ou dormindo, não avançaram um metro. Desisti. E vou tentar obter documento noutro sítio. Mas já me disseram que é assim em todo o lado.

Moral da história. A Esquerda pariu um monstrinho daqueles que lhe dá frémitos matinais, ao acordar, com os quais acha que vai conseguir esfrangalhar o sistema. E o Costa, via Constança, dá o Amem. Resultado: A responsabilidade é de António Costa, TODA. Mas os tais oitenta comentadores de rádio e televisão continuam entretidos a falar de Passos Coelho que cometeu vários erros e do PSD que está acantonado à Direita.

Trágico tudo isto. E agora chamem-me xenófobo. Não tenho nada contra aquela gente, Tenho sim, e muito, contra esta camarilha que nos pastoreia.


*
*