sábado, janeiro 14, 2012

De pequenino é que se indigna o pepino

[4519]

Cenário:

- Um sala de uma escola algures

Personagens e figurantes:

- Uma turma de meninos e meninas de sete anos;
- Professora e psicóloga;
- Duas senhoras, não identificadas, mas que poderiam ser professoras. Ou psicólogas. Ou educadoras. Ou… qualquer coisa por aí.

Patrocínio:

Serviço Público da RTP que resolveu perguntar a uma turma de meninos e meninas de sete anos o que pensavam da crise

Peça num só acto:

Meninos a falar com aquela dicção que já lhes vem das tripas e que ninguém parece interessado em corrigir e com a expressão de quem sabe que vai sair na televisão.

- A crise é por causa que os ricos deviam de devolver o dinheiro que o políticos roubaram e dar aos pobres;
- A crise é quando se a minha mãe vai às compras e me quer comprar duas mochilas eu digo à minha mãe que só me deve comprar uma mochila porque uma mochila já chega;
- A crise é porque nós devemos comprar sempre os produtos nacionais de Portugal;
- A crise é porque o governo tira o dinheiro às pessoas para pagar as contas e depois as pessoas não têm dinheiro para pagar as contas deles.

Cai o pano (sujo)

Triste país em que as crianças já aos sete anos estão sujeitas a esta manipulação. Seja por pais estúpidos e igualmente catequizados neste tipo de raciocínio, seja por um sistema pútrido que acha que aos sete anos é já uma boa idade para se incutir este tipo de formulação de pensamento e noção das realidades. Porque nos estamos a tornar num país (já somos?) sem respeito por nós próprios, sem respeito pelas crianças e claramente subjugado por um grupo manipulador, jacobino e idiota que dissemina objectivamente um conceito social totalmente desfasado da realidade do nosso contexto social, económico e político, inseridos que estamos na União Europeia. Não há o direito de se educar crianças desta forma, muito menos usá-las para sessões didácticas desta natureza. Isto não é pluralidade nem liberdade, isto é Chávez, é Castro, é quase Kim Il Sung, isto é o sufoco socialista de que alguns parecem gostar, não obstante a situação em que esse mesmo socialismo nos colocou.

Nota: No Noticiário das 13:00 da RTP. Serviço público para o qual todos os meses me vem uma conta na factura da EDP que, a não ser paga, resulta no corte da energia. A foto em cima é do referido programa, hoje às 14:07.
.

Etiquetas: ,

4 Comments:

At 9:11 da tarde, Blogger estouparaaquivirada disse...

Isto é o gosto de chorar sobre o leite derramado...
O gosto de alimentar o queixume crónico...
o gosto pela desgraça....
:))))

 
At 8:52 da manhã, Blogger Pedro Barbosa Pinto disse...

Os meus filhos (maoires e vacinados) desataram a rir quando eu, ao ouvir o pivôt anunciar que iam mostrar o que as criancianhas "PENSAM!?!" da crise, mudei de canal com um sonoro "PUTA QUE VOS PARIU!"

 
At 9:58 da manhã, Anonymous Anónimo disse...

isto diz bem do país que somos. Graxas, embrutecidos e sacanas.

 
At 1:46 da tarde, Anonymous Joe Bernard disse...

O que fizeram às crianças do meu país...
Parafraseando Pedro Barbosa Pinto... a puta que vos pariu!

 

Publicar um comentário

<< Home