quarta-feira, agosto 23, 2006

Sai uma bica


[1164]

Há dez anos (e tenho a notícia bem presente), um estudo indicava que a cafeína tinha efeitos cancerígenos, segundo o qual as mulheres bebedoras de café contraíam mais cancro de mama, numa determinada percentagem que não me recordo. Hoje de manhã é noticiado um outro estudo segundo o qual as mulheres bebedoras de café reduzem em 10% o cancro de mama, à razão de dois cafés por dia. Em 15% se o número de chávenas for de três a quatro.

Muito provavelmente, há dez anos atrás as bebidas “light”, “cafeine-free” e várias marcas de cafés descafeinados terão subido as vendas. Juraria singelo contra dobrado que as vendas dos produtos “real thing” irão agora subir, já que os mercados, por vezes, precisam de algumas aparas na massa crítica para compensarem desequilíbrios que podem complicar as linhas de produção industrial.

Jamais haverá o perigo de a contradição deste tipo de notícias se vulgarizar e tornar inócuos os reais objectivos do seu aparecimento. Sobretudo porque, de um modo geral, as pessoas processam a informação à medida dos seus desejos. Ainda ontem uma idosa bem intencionada com quase noventa anos e que sofre de pequenas dores múltiplas nos membros, certamente relacionadas com artroses próprias da sua avançada idade me disse que conheceu um senhor que esteve no Brasil e que depois lhe deu uma massagem na perna, deu-lhe um esticão no calcâneo e… "voilá". Não é que as dores se foram? Aguardo agora os próximos episódios, sobretudo para saber quanto é que a senhora pagou pelas visitas seguintes que o senhor simpático que esteve no Brasil achou ou vai achar que ela terá de lhe fazer, não vá o calcâneo voltar a fazer das dele ou a coluna fazer das dela.

Mantêm-se assim intactas, todas as condições para termos estudos científicos contraditórios de dez em dez anos. Todos nós nos queixamos da falta de credibilidade das notícias em geral mas todos acolhemos com periódico e mal disfarçado conforto um estudo qualquer. Sobretudo se ele for habilmente dirigido às nossas conveniências pessoais de gordos, magros, fumadores, bebedores de café, amantes de coca-cola, comedores de pão, apreciadores de enchidos e de queijo ou de um copinho de tinto à refeição. Há estudos para tudo, descansemos. E nós gostamos muito que eles continuem.

E agora vou tomar mais uma bica porque, para quem não saiba, os homens estão sujeitos também ao cancro de mama e, claramente, um estudo destes é música para um bebedor de bicas como eu.

Não há meio de arranjarem um estudozinho para os cigarros, que coisa…

7 Comments:

At 12:50 da tarde, Blogger Sinapse disse...

Conheço um senhor (o meu Pai) que refere, a propósito e de quando em vez, a história do óleo e do azeite - que há uns anos surgiram estudos que louvavam os benefícios do óleo de girassol contra o azeite azeitão ... e que, passados uns anos, afinal o óleo (e outras gorduras da família do óleo) é que são os maus da fita e o azeite é o rei da muito saudável dieta mediterrânica!

Por todas essas e por outras, eu cá prefiro não acreditar em nenhum estudo, prefiro acreditar um bocadinho (pouco, porque não sou muito dada a acreditar verdadeiramente seja no que for) na sabedoria popular que diz que laranja de manhã é ouro, ao meio-dia é prata e à noite mata. Que eu tenha conhecimento, ninguém morreu de comer laranjas à noite ... mas eu gosto desses ditados populares e, como disse, prefiro acreditar um bocadinho na sabedoria popular ... sempre é um saber acumulado - empiricamente - ao largo de anos e anos e anos ...

Prontes ... por hoje é tudo.

Beijinhos, com cafeína ... que hoje já tomei 2 cimbalinos)!
Sinapse

...

cimbalino | s. m.

de La Cimbali, marca de máquinas de servir café

s. m., Porto, pop.,
café servido e tomado em chávena própria.

;)))

 
At 1:02 da tarde, Blogger Madalena disse...

Por acaso, também já ouvi que o café e até o chá são prejudiciais para determinadas doenças da mama. Mas também não levo isto muito a sério porque o que está certo é mesmo o que o corpo pede. Os que levam muito a sério estas coisas prolongam a vida em talvez uns dias.... Vale a pena???? O prazer também vale, não achas? No caso dos cigarros a coisa fia mais fino e no caso do consumo de bebidas, mas apenas por causa das alterações de comportamento que o consumo ou a privação podem trazer. Agora chás, cafés, azeite... Não sei!!!! Beijinhos para ti!

 
At 7:20 da tarde, Blogger Madalena disse...

Já lá chegou o serviço de catering... Beijinhos!

 
At 8:29 da tarde, Blogger Torquato da Luz disse...

Meu caro Espumante, até já li algures que viver faz cancro...
Aquele abraço.

 
At 9:29 da tarde, Blogger espumante disse...

sinapse
Este teu comentário mereceu um post. Espero que não te zangues... :)))
Beijinhos temerosos

 
At 9:30 da tarde, Blogger espumante disse...

madalena
Já lá fui ver o catering :))))Um abraço ao Jorge pelo trabalho e um beijinho para ti

 
At 9:31 da tarde, Blogger espumante disse...

torquato da luz
:) Concordo, mas também se poderá dizer que a vida dá saúde...
Um abraço

 

Enviar um comentário

<< Home