domingo, junho 19, 2011

O novo governo



[4322]

Do que vi e ouvi dos novos membros do governo, tenho de me regozijar com alguns pontos que considero essenciais:

1 – Falam português correcto e escorreito;
2 – Têm currículos de insuspeita competência;
3 – Não falam aos gritos, são educados, exprimem-se com fluidez e não usam aquele discurso estereotipado de falar para o «rebanho» e dizer-lhe, quando ele se mexe muito ou tresmalha, «que se habitue»;
4 – Todos têm uma situação profissional que lhes permite deixar o governo sem grandes constrangimentos. Alguns deles vão até ganhar salários bem mais baixos;

Agora preparemo-nos para a gritaria dos paineleiros do costume, quase todos afinando pelo mesmo diapasão. Pouca experiência, ultra-liberais (para uns, para outros são neo, um dia destes vou esgravatar para ver se descubro as diferenças, como fiz com o célebre «economicista») e meros executores. Pelo que já ouvi nos comentários e análises disponíveis dá-me ideia que o elenco é prometedor. Entenda-se, o que ouvi de mal.
.

Etiquetas: ,

3 Comments:

At 6:34 da tarde, Blogger Margarida V disse...

a ver o que vão fazer

 
At 12:21 da tarde, Blogger Imprensa na rede disse...

Meu nome é Tatiana Dias e trabalho para uma empresa de Comunicação e Marketing, na Espanha. Gostaria de saber se te interessa colaborar com uma campanha de publicidade de um site de classificados gratis em Portugal. Pagamos 40 euros por PayPal pelo trabalho.
Se está interessada na proposta, não deixe de entrar em contato comigo em este mesmo e-mail: tatiana.segala@gmail.com
Atenciosamente,
Tatiana A Dias

 
At 2:04 da tarde, Blogger Espumante disse...

Margarida V

Concordo. Mas uma coisa certa. Pelo menos o ar está mais respirável. E isso tem, para mim, um valor inestimável.

 

Enviar um comentário

<< Home