segunda-feira, maio 12, 2014

Gente sonsa





[5120]



No fundo, no fundo, isto de fugir à ditadura é como os aviões, Há quem fuja em económica, em business e em 1ª classe. Deviam ter explicado isto a Maria Medeiros antes de as pessoas terem pena dela e suscitar reportagens doridas no Figaro. Onde, apesar de tudo, Medeiros diz que não foi tocada pela política. Ela é que, atrevida, se imiscuía em todas as conversas. Mas cai sempre bem este tipo de registos.


Via Margaridacf no HojeTalvez


*
*

Etiquetas:

2 Comments:

At 12:36 da manhã, Blogger papoila disse...

É uma família muito "Sui Generis"....estou a lembrar-me das viagens para Paris!
xx

 
At 9:02 da manhã, Blogger Nelson Reprezas disse...

papoila

Essa é a mana. Continua a sofrer, coitada. Lá tem ela que andar para cá e para lá... :)

 

Enviar um comentário

<< Home