quarta-feira, dezembro 30, 2009

Uma questão sistémica


[3555]

Peço desculpa mas não alinho no orgasmo colectivo da emulação de Obama, só porque ele achou por bem acusar publicamente, através dos media, os seus serviços de intelligence que, aparentemente, menosprezaram um aviso do pai do terrorista que tentou rebentar com um avião da Delta em Detroit.

Obama não deu um bom exemplo de managerial skills (para usar léxico apropriado) e, sobretudo, desrespeitou os serviços de que, em última análise, é ele o responsável. É um exemplo bom de um chefe mau vir a terreiro falar em culpas dos serviços, mesmo se usando retórica de há muito perfilhada no socialismo moderno, como o sistémico. Afinal, um termo reconhecidamente sistémico na esquerda e/ou regimes totalitários.

É a velha pecha de descarregar para o lado as responsabilidades, sempre que alguma coisa corre mal. No caso vertente, acredito que os serviços de segurança devem receber milhares de avisos catastrofistas sobre a segurança dos norte-americanos. Não deve ser fácil fazer a triagem de todos eles. Mal comparado, é como quando se dá um rapto e chovem telefonemas na polícia de possíveis raptores a confessar, ávidos por um momento de glória.

Sem embargo de procurar responsabilidades e corrigi-las, um bom chefe trata de rectificar o que está mal junto dos seus responsáveis em vez de fazer disso uma peça de propaganda através da comunicação social. Na sua alocução pública, Obama fez lembrar Zapatero. Lula. Chávez. Morales. Ahmadinejad. Ou, vindo por aí abaixo, o próprio Sócrates, com uma escala técnica no nosso inefável Soares.
.

Etiquetas: ,

4 Comments:

At 12:02 da tarde, Anonymous Joe Bernard disse...

Perfeitamente de acordo!

 
At 8:08 da tarde, Blogger papoila disse...

AI.... NELSON,
Que eu aqui não consigo ter a cabeça fria...é que eu gosto mesmo do OBAMA :) :) :)

Mas não gosto de nenhum dos outros...,digamos que estou "parcialmente" de acordo contigo!
xx

 
At 10:50 da manhã, Blogger Espumante disse...

papoila

Sabes? Eu também gosto de Obama, sobretudo da sua capacidade oratória. Fui bem específico em dizer o que não gostei nele, neste episódio :))

 
At 9:17 da tarde, Blogger papoila disse...

Estás perdoado!
beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home