quarta-feira, novembro 12, 2008

A antiguidade é um posto?


[2764]

Julgo saber que Manuel Alegre não cumpriu o serviço militar obrigatório. Achou que a pátria beneficiaria mais e melhor se ele fugisse e combatesse da maneira que o fez. Curioso é como no fundo, bem no fundo, ele não escapou ao sentido e à génese da tropa, baseando o seu verbo em máximas que enformavam o espírito militar. Uma delas era a de a antiguidade é um posto. Pois foi isso mesmo que, do meu ponto de vista, Manuel Alegre terá feito quando se referiu ao autismo da ministra da educação. Disse ele que "pela sua idade e pelos combates que travou, não tinha paciência para atitudes de quero, posso e mando", como as da ministra.

Ora aqui está um bom exemplo do que um bom sargento de carreira diria, quando lhe faltasse argumentos ou se sentisse dono da verdade única. Manuel Alegre "está cansado, ainda, de gente que nunca tem dúvidas e raramente se engana". Como ele, afinal. Ou ele terá dúvidas no que diz, no que fez e no que acha sobre o que se deve
fazer?

.

Etiquetas:

6 Comments:

At 11:54 da manhã, Blogger Madalena disse...

Pois para mim é muito reconfortante saber que há alguém que levanta, sem medos, a voz contra a prepotência e a arrogância. Um bom dia para ti! Beijinhos.

 
At 12:45 da tarde, Blogger espumante disse...

Madalena

Sei bem o apreço em que tens o MA e tenho o maior respeito por tal. Mas isso não me impede que independentemente da bondade das ideias de cada um, leia-se Manuel Alegre e ministra da educação, eu perceba bem mais arrogância em MA do que na ministra. Por muito de mau que ela possa estar a fazer o que, aliás, não me parece ser o caso. Já MA me prece estar o usar o estatuto político de que goza no sentido de ganhar um forte protagonismo. A substância mas sobretudo a forma como ele criticou Maria de Lurdes são um exemplo bem claro do que digo.
É a opinião deste teu dedicado amigo.
Beijinho

 
At 6:16 da tarde, Blogger Teófilo M. disse...

Olá,

pois o MA fez a tropa e no norte de Angola, quanto ao resto acho que ele está a fazer apenas o papel que já era habitual fazer quando andava por Argel...

 
At 9:29 da tarde, Blogger António de Almeida disse...

-Manuel Alegre falha desde logo porque após criticar ontem a ministra não apareceu hoje a mostrar-lhe solidariedade como deveria pelos lamentáveis acontecimentos de Fafe. Também não lhe fica bem estar sempre a criticar o partido e continuar V.P. da A.R.

 
At 8:00 da manhã, Blogger espumante disse...

teófilo m.

Benvindo de volta. Espero que seja para ficar.
Obrigado pelo esclarecimento sobre o serviço militar de Manuel Alegre.

 
At 8:02 da manhã, Blogger espumante disse...

antónio de almeida

Penso que a estratégia de MA é muito clara. A questão é não misturar as coisas e pensar-se que se questiona a liberdade de crítica a MA. Não é manifestamente o caso.

 

Enviar um comentário

<< Home