sábado, março 22, 2008

Elementar...


[2402]

"...Contudo, acrescento, sabendo ser politicamente incorrecto, que não é impunemente que em programas de televisão, como os Prós e Contras, professores chamam mentirosa, cara a cara, à ministra da tutela; como não é impunemente que professores vão fazer arruaça para a porta de partidos políticos ou de comícios de partidos políticos; como não é impunemente que professores se vistam de negro, colectivamente, para dar aulas ou que envolvam as escolas com panos negros para cenas televisivas; como não é impune a linguagem, muitas vezes insultuosa para com o governo, de dirigentes sindicais dos professores. Os alunos sabem de tudo isso e comentam entre eles. O respeito e a autoridade não são servidos de bandeja, conquistam-se. Quem não se dá ao respeito, dificilmente será respeitado..."


Negrito e itálico da responsabilidade do autor do post.



Tomás Vasques in Hoje há conquilhas

Etiquetas: ,

3 Comments:

At 5:06 da tarde, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Tomás Vasques, tomando os mais recentes efeitos como causas, completa o fecho do círculo vicioso para o qual deixou resvalar o seu pensamento, pelos vistos, com seguidores.
É uma manifestação de grotesca ignorância, para não dizer de desinteresse pelo conhecimento dos factos, querer justificar as manifestações de professores apenas com os últimos actos da Ministra. É importante não confundir as últimas gotas com a torrente de longa data. Quem, como Espumante, exercita a sua escrita com tanta mestria, haveria de se mostrar mais preocupado em evitar as interpretações preconceituosas, e procurar informar-se melhor.
Um abraço

 
At 10:34 da tarde, Blogger espumante disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 10:39 da tarde, Blogger espumante disse...

"Tomás Vasques, tomando os mais recentes efeitos como causas, completa o fecho do círculo vicioso para o qual deixou resvalar o seu pensamento, pelos vistos, com seguidores.
É uma manifestação de grotesca ignorância, para não dizer de desinteresse pelo conhecimento dos factos, querer justificar as manifestações de professores apenas com os últimos actos da Ministra"


Três anos de desautorização constante dos professores, levada a cabo pela mesma ministra que tanto te preocupa, só podia dar nisto mesmo

António Chaves Ferrão neste comentário, aqui.

Conclusão: Assim não brinco.

 

Enviar um comentário

<< Home