sábado, janeiro 20, 2007

País absurdo


[1489]

“O teu pai, ou substituto, obriga (a tua mãe) a fazer vida sexual com ele contra a vontade dela?”

Esta é a pergunta que uma senhora Fernanda Feijão, do Instituto da Droga e com a chancela dos ministérios da saúde e da educação achou que devia fazer a 100.000 crianças portuguesas entre os 11 e os 18 anos.

Gostei do sentido de toda a pergunta em geral e do substituto em particular. E cada vez me convenço que o grave não é viver num país absurdo e mal frequentado, grave mesmo é este tipo de coisas passarem já quase despercebidas. Eu sei que andamos ocupadíssimos com o “sim” e o “não” ao aborto e com a criança de Torres Novas, mas aqui trata-se de 100.000 crianças.

Um dia, com sorte para Fernanda Feijão, a menina de 11 anos dirá à mãe para mandar o substituto à merda se ele quiser sexo contra a vontade dela. Aí, Fernanda passará à segunda fase do inquérito com a pergunta “ O teu pai (ou substituto ou o amigo dele que acabou por pernoitar lá em casa) obriga-te a fazer vida sexual com ele contra a vontade da tua mãe?"

8 Comments:

At 11:46 da manhã, Blogger Alex disse...

Cruzes:-| Isto é mesmo a sério, Espumante?

 
At 12:26 da tarde, Blogger Nelson Reprezas disse...

Página 1 do 1º caderno do Expresso de ontem, meu caro :)

 
At 4:45 da tarde, Blogger Carlota disse...

Isto é das coisas mais doentias de que já ouvi falar. A sério que nem estava a acreditar...
Enfim... Alguém poderá fazer alguma coisa? Mesmo que não remedeie a situação? Tipo, internar toda a gente envolvida na elaboração deste inquérito...?
Beijola.

 
At 7:20 da tarde, Blogger Leonor disse...

O que mais me surpreende é que só agora os pais se tenham manifestado. Este inquérito foi passado aos alunos há mais de um mês, tudo no maior sigilo. Sei que as minhas alunas vinham chocadas e desenrolaram as perguntas logo ali, assim que saíram da sala, sem sequer lhes ter perguntado nada. É assim o Ministério da Educação que temos, não é nada parco em disparates.
Cumprimentos

 
At 12:03 da manhã, Blogger Nelson Reprezas disse...

Carlota
São os novos Dr Frankestein...
Bejola

 
At 12:05 da manhã, Blogger Nelson Reprezas disse...

papalagui
Pela minha parte só soube onten, pelo Expresso. Não me surpreendeu, ams chocou-me. julgava que já tínhamos ultrapassado esta fase...
Gosto em vê-la por aqui :)

 
At 1:59 da tarde, Anonymous Anónimo disse...

A desfaçatez dos nossos burocratas atinge sempre novos picos...

 
At 9:14 da manhã, Blogger Leonor disse...

Obrigada, espumante :-)
Quando digo que me surpreende é porque, de facto, já passou imenso tempo. Muito provavelmente os alunos, alguns pelo menos, nem terão tido à-vontade com os pais para aflorar o conteúdo absurdo do inquérito. O inquérito foi passado à mesma hora pelo país todo e, pelo que entendi, foi quase de surpresa também para os Conselhos Executivos. o conteúdo era desconhecido de todos excepto do ME e do Institituto que o elaborou.
Cumprimentos.

 

Publicar um comentário

<< Home