sexta-feira, janeiro 19, 2007

Espumante no sofá


[1488]

Contam-se entre os meus traumas de pequenino alguns episódios que apesar da sua singeleza e pouca importância à luz da realidade de hoje, se revestiam de uma crueldade terrível à altura e me faziam pensar se eu não seria filho único na desgraça. Um episódio, por exemplo, tinha a ver com passarinhos. De cada vez que eu me embrenhava com amigos nos pinhais do Guincho e da Malveira da Serra, fazia-o com a secreta esperança de regressar com a cintura rodeada de pardais abatidos pelas fisgas que eu e os meus amigos empunhávamos com destreza. Quer dizer… destreza, eles, porque eu nunca fui capaz de matar um passarinho. Não porque germinasse em mim qualquer projecto de índole ecologista, mas porque pura e simplesmente não acertava.

Curiosamente, esta absoluta incapacidade de acertar num passarinho era uma de entre algumas incapacidades que, achava eu, comprometiam a imagem de marca do rapagão que eu achava que era. Líder, forte, cheio de histórias para contar e fazer rir os amigos e mais uns quantos atributos que fariam de mim o rapagão completo não fosse aquele tropeção das fisgas e um outro episódio mais que me faziam rever num total "incapaz". Ocorre-me outra incapacidade: marcar um golo de cabeça. Como eu me extasiava de cada vez que um dos meus amigos se elevava do solo e num golpe cheio de beleza estética, eficiência e força, aplicava tremendas cabeçadas na bola que, para gáudio de todos, se aninhava no fundo das redes. Lá está. Esta é outra coisa que eu nunca fui capaz de fazer. Marcar um golo de cabeça…

Enfim, matar passarinhos à fisga e marcar golos de cabeça, aqui estão dois exemplos vivos de como um puto pode começar a ser esmagado logo de pequeno pelas adversidades da vida, pelo menos até perceber que há coisas que nascem connosco – umas boas outras más, e não há nada a fazer para as modificar. Eu nunca, mas nunca, saberei pregar um prego na parede ou substituir a borrachinha da máquina de fazer café, por exemplo, em contrapartida resolvo problemas de sudoku e tenho jeito para contar anedotas, condução desportiva, pesca submarina, consigo estalar os dedos dos pés e cada um é para o que nasce, lá dizia a minha avozinha.

Tudo isto para confessar a minha total inabilidade para colocar vídeos no Espumadamente. Não adianta perguntar aos amigos, pois todos me dirão que é fácil. Copy o embed qualquer coisa e paste no post e está tudo feito. Mentira. Eu faço tudo à risca e uma vez ou outra até consigo postar um vídeo. Uma vez ou outra, não exageremos. Porque na maior parte das vezes aparece-me sempre a mais irritante frase da Blogger avisando-me que tag is broken and not complete patatipatatá seguido de mais cinco linhas de símbolos, mesmo assim muito mais difíceis de decifrar do que matar um pardal à fisga.

Pronto. Aliviei-me. Palavra feia, vinda de um homem, mas é o caso, aliviei-me a contar esta minha tendência para não conseguir fazer algumas coisas que parecem simples para o comum dos mortais. Talvez eu seja incomum, sei lá. Ou, apenas, burrinho.

12 Comments:

At 12:32 da tarde, Blogger Laura Lara disse...

Estalar os dedos dos pés, Espumante? Qual é o dedo oponível?
Como dizia a tua avó: cada um é para o que nasce. Bem verdade.
Bom fim-de-semana.
Tatá

 
At 12:35 da tarde, Blogger Lurdes disse...

O fácil e o difícil é sempre relativo! O que para uns pode ser muito simples para outros pode ser muito complicado... e cada um é pró que nasce, lá dizia e bem a sua Avózinha!
Mas só para meter inveja, eu marquei muitos golos de cabeça! Pronto, lá estou eu a exagerar... muitos não, alguns! É que eu fui em tempos a verdadeira maria rapaz!!
Beijinhos

 
At 5:53 da tarde, Blogger Bekx disse...

Por acaso os do youtube são bastante fáceis. No entanto, em caso de dúvida não há nada como ver o código-fonte de um blog que tenha videos e copiar a linha. Um abraço;)

 
At 6:16 da tarde, Blogger Sinapse disse...

LOL!! esta faz-me lembrar um desaire parecido quando tentei colocar um videozinho no Postais de BXL!

... lembras-te?

;D ;D ;D


Beijinhos, e ... olha, temos de prometer a nós mesmos não faltar às reuniões do grupo de apoio que ambos frequentamos ... os "inaptos anónimos nas questões de colocar vídeos em blogues" ... é esse o nome do grupo de apoio, não é? ou será "inaptos nas questões de colocar vídeos em blogues anónimos"? ... confundo-me sempre ...
Sinapse

 
At 6:26 da tarde, Blogger Sinapse disse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 11:54 da tarde, Blogger Hipatia disse...

Olha!... Não bloqueou :D

Já agora... Onde está o texto?

 
At 8:10 da manhã, Blogger Sinapse disse...

... parece que o link em lembras-te? não funciona ...

será que este link vai funcionar?...

 
At 5:25 da tarde, Blogger espumante disse...

laura laraIa a dizer depende do número de pés :))) mas não digo. Não preciso de dedo oponível. Pressiono qualquer dos dedos do pé com os dedos da mão e... click, já está :)Bom fds ara ti também

 
At 5:26 da tarde, Blogger espumante disse...

lurdes
Mas isso... é um habilidade de registo. Se o Paulo Bento te descobre ainda te põe ao lado do Liedson :)

 
At 5:28 da tarde, Blogger espumante disse...

bekx
Isso eu sei, mas é sempre mais giro ter a imagem do vídeo no post, em vez de ter só a referência.
Bom, mas não é um problema grave. Sou um caso perdido, mesmo :)

 
At 5:30 da tarde, Blogger espumante disse...

sinapse
Eu sei que há assim umas quantas coisas em que somos parecidos Em fotografia levas-me a palma, com certeza. E sim, o segundo link já está perfeito.
Afinal... já estás em NY ou ainda andas por Bruxelas?
beijinhos inquisidores

 
At 5:31 da tarde, Blogger espumante disse...

hipatia
Tu és muito exigente. Primeiro querias que não bloqueasse. Agora querias o Espumadamente com texto e tudo, não estás a exagerar?
:)

 

Enviar um comentário

<< Home