terça-feira, setembro 02, 2014

Como se fosse ver os gansos ao Jardim da Estrela?


[5166]

Este episódio ocorreu há muito poucos dias no Kruger National Park, na África do Sul. Há um primeiro vídeo mais ou menos sensacionalista


onde se chega a dizer que o elefante deveria estar sob grande stress sexual (é um macho), mas vale a pena ouvir a entrevista do repórter da Rádio Jacaranda (uma popular estação sul-africana) a um dos responsáveis do SANP, bem como a um dos ocupantes da viatura. Um casal que, felizmente saiu ileso.

Ir ao Kruger, exige de toda a gente cuidados em ler atenta e rigorosamente as instruções, respeitar limites de velocidade e outras advertências porque, entre outras coisas, pode «tropeçar» com cerca de cinco toneladas de elefante como foi este caso. Solitário, ainda por cima. Infelizmente, ainda hoje muita gente mantém uma atitude de inaceitável negligência. Eu próprio me lembro de uma cena a passar-se a poucas centenas de metros de mim (não vi, barraram-me a estrada) onde dois leões comeram literalmente um casal de japoneses que resolveu parar o carro, sair (!!!!) e tirar fotos. Um episódio muito noticiado na altura.

Neste caso do elefante que destruiu o pequeno Polo, o dono hesita em afirmar se estava indeciso entre fotografar o magnífico animal ou se estava “stunned”. A verdade é que no vídeo se nota que o condutor teve possibilidade de se afastar. Sobretudo quando o animal se afasta da estrada e o veículo permanece imóvel. Momento nevrálgico em que a besta «entende» que «aquilo» (o pequeno Polo) poderia constituir um perigo. E defende-se, atacando brutalmente.

O casal sobreviveu, felizmente. O animal foi abatido. Infelizmente.

Nota: Este vídeo pode muito provavelmente ser retirado em breve.

*
*

Etiquetas: ,

1 Comments:

At 1:44 da tarde, Blogger Daniel Santos disse...

Cruzei-me com muitos elefantes quando estive na Magina (Norte de Angola)na tropa. Parávamos as viaturas a uma distância considerável e esperávamos que os animais se retirassem. Este casal só teve o que pediu...

 

Enviar um comentário

<< Home