domingo, maio 16, 2010

Becagueine… again and again and again!

[3753]

Acabou-se um curto período de férias. Um luxo que, sinceramente, me estava fazendo falta. Foi bom mas, como em tudo na vida, depois, acordamos. Banho, barba e café e lá vamos de novo trabalhar. Pelo menos enquanto houver trabalho, já que uma rápida apreciação do panorama nacional nos conduz irremediavelmente à sensação estranha de que um dia acordamos e já não vale a pena a barba, o banho e o café se transforma numa liberdade poética. Porque depois de uns dias de circunstancial mas deliciosa abstinência de notícias e quando os únicos ecos que me chegavam durante as férias tinham a ver com a euforia da visita do Papa e da vitória «lampiona», começamos a ler e a ouvir e, decididamente, nos sentimos impelidos a ralhar com toda a gente ou, em alternativa, mudar de azimute. Apesar da saudável «ausência» de Sócrates, uma criatura que, repetidamente o afirmei, já não tolero e me revira as vísceras. Parece que está de ressaca, a Guronsan e Panadol. Que lhe faça bom proveito. Só falta ser varrido. Democraticamente, já se vê. Mesmo assim, fica sempre a ideia de que somos um povo com clara tendência suicidária já que, regularmente, chamamos a tralha socialista que, no poder, se entretém a esboroar o país e a aprimorar a sua (natural born) ingovernabilidade. E, desta vez, não o deixa de tanga, deixa-o roto.

.

Etiquetas: ,

2 Comments:

At 10:07 da tarde, Blogger Sinapse disse...

Uelcame back!

 
At 6:32 da manhã, Blogger Espumante disse...

Sinapse

E o almoço no tal hotel? :))))
obg minha amiga e parabéns que o FêQuêPê ganhou a Taça com uma estrondosa vitória por 2-1 sobre ... espera aí... hummm... wuem foi mesmo?... hmmmm, Isso, o Desportivo de Chaves :)))
Desculpa, foi só um chistezinho :)
Beijinho

 

Enviar um comentário

<< Home