domingo, dezembro 05, 2004

Porque é Domingo...



Eu ontem vi uma multidão (25.000 pessoas, segundo a tv) a aclamar Pinto da Costa, acabado de ser constituído arguido num caso de corrupção, uma claque (as velhas claques, no futebol e na política...) a resguardar PC à entrada do TIC e a afastar os jornalistas e fiquei a saber que há fortes suspeitas de que PC tenha sido avisado a partir da PJ de que lhe iam revistar a casa e detê-lo...

Eu não tenho nada contra o homem, em si, acho-o um pacóvio esperto, que lê e declama José Régio, é de “boas famílias” e soube tirar partido dum microcosmos peculiar e intrínseco à nossa gema. Mas um país que gera e alimenta situações como aquela a que assisti ontem no estádio do Dragão deixa-me profundamente preocupado. E desiludido.



Não consegui entender bem as paixões que o artigo de Maria Filomena Mónica sobre Boaventura Sousa Santos, no Público, conseguiu desencadear aqui na blogoesfera...

O que ela diz parece-me transparente, bem articulado e pouco me interessa se ela gosta de BSS ou não. Mas a sua argumentação apresenta-se escorreita, linear e até na parte onde aborda o enquadramento que BSS dá à sua própria poesia juvenil (!...) me parece fazê-lo de uma forma apropriada e contextualizada. E não é por eu achar que BSS é um produto típico do nosso “activo” intelectual que eu digo isto. Mas pode ser eu não esteja a ver bem as coisas...




E agora...um bom Domingo para todos. As manhãs deste país conseguem equilibrar o nosso ph para índices invejáveis. Basta aproveitá-las e fazer uma sortida à esplanada mais bem situada do mundo, mandar vir um café e bater um bom papo, com o Atlântico a bater-nos nos olhos.



2 Comments:

At 1:22 da tarde, Anonymous Anónimo disse...

Quando o atlântico nos bate nos olhos não dói? E porquê essa mania de que as esplanadas dessas bandas é que são as mais bem situadas blablabla?? :)
IL

 
At 8:46 da tarde, Blogger espumante disse...

IL:
Não é mania, são mesmo :))))

 

Enviar um comentário

<< Home